Processo Cervejeiro – Fervura do mosto

Dando sequencia ao nosso processo cervejeiro, hoje vamos falar sobre A Fervura do Mosto!!

É nesta parte do processo que podemos adicionar aromas e sabores a nossa cerveja. É também a última parte “Quente” do processo. Podemos afirmar que a fervura tem como principal objetivo a esterilização, concentração e evaporação de algumas substâncias que não desejamos manter em nossa cerveja. Ainda é nela que fazemos a isomerização dos AA ( Alfa ácidos) dos lúpulos.

A esterilização do mosto contribui para que alguns micro-organismos indesejáveis como bactérias, leveduras selvagens e mofo, sejam eliminados deste meio, evitando uma posterior contaminação.

Já a sua concentração ocorre devido à evaporação de cerca de 10 a 15% da água proporcionando o aumento a densidade do mosto. Assim, saber a densidade antes da fervura é interessante para que se possa efetuar uma possível correção da OG.

Muitas substâncias de off-flavors, como DMS são eliminadas, sendo fundamental manter a panela sempre sem a tampa!

 

Qual o tempo de Fervura do mosto

Normalmente o tempo vária entre 60 e 90 minutos, dependendo da receita e objetivos do cervejeiro, mas é bom lembrar que quanto maior tempo de fervura, maior será a evaporação e consequentemente menos mosto levado para a parte de fermentação.

Processo Cervejeiro - Fervura
Processo Cervejeiro – Fervura

O tempo de fervura é contado regressivamente, portanto, quando for acompanhar uma receita pronta, as adições de lúpulos são mencionadas de acordo com o tempo que falta para acabar o processo.

O processo de Fervura do Mosto

Logo no inicio da fervura é possível ver uma grande camada de espuma, ela é formada por proteínas que coaguladas formam este grande volume, ela pode ser removida com auxilio de uma peneira, caso contrario o processo de fervura acaba com ela naturalmente.

Durante a fervura é importante manter equilíbrio entre intensidade e tempo, ou seja, não faça fervura longa e intensa e nem fervura baixa e curto tempo.

O tempo de fervura se iniciará a partir do momento que você notar o surgimento das primeiras bolhas provocadas pelo aquecimento do mosto.

Em breve voltaremos falando um pouco mais sobre a etapa da fervura, mas focada nas adições de lúpulos, Até mais!

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *